Akarui apresenta a juçara e o cambuci em comemoração ao Dia Mundial da Alimentação

Publicado em 31 de outubro de 2013

A Akarui foi convidada a participar das ações promovidas pelo SESC de São José dos Campos e de Interlagos, em São Paulo, em comemoração ao Dia Mundial da Alimentação, sob o tema "Sistemas Alimentares sustentáveis para a segurança alimentar e nutricional". Com palestras e degustações de pães, queijos, sucos e geleias, a entidade  apresentou algumas frutas que estão quase em extinção, como a juçara e o cambuci, além de outros alimentos esquecidos ou até mesmo desconhecidos pelas atuais gerações, como o cará moela e o jamelão.
 
Como uma maneira de se valorizar o produtor local, todos os alimentos foram desenvolvidos por comunidades rurais de São Luiz do Paraitinga e Natividade da Serra, através do apoio de projetos desenvolvidos pela Akarui. 
Dona lourdes e Santina, da Vargem Grande, fizeram os queijos branco e parmesão; sequilhos e biscoitinhos de nata; as polpas de cambuci e os pães com cará moela, jamelão e cambuci. Márcia, do bairro do Mato Dentro, participou com geleias de frutas da estação. As polpas de juçara vieram da Lúcia, da Ponte Alta e os sucos de juçara e cambuci foram adoçados com mel do apiário Rio Claro. Ângela e Jorge, da Agrofloresta Ikobé, apresentaram a geleia de juçara com bananas e a granola caseira com polpa de juçara.
 
Todos os produtos foram degustados e apreciados por todos que estiveram nos eventos. As frutas e os legumes dos quintais destes produtores chegam a ser considerados exóticos, por não serem conhecidos por muita gente. Na verdade, muito antes de estarem em vias de extinção, já existiam nas mesas de nossos avós, bisavós, tataravós e de nossos povos indígenas. São alimentos ricos em nutrientes, saborosos e podem e devem ser resgatados e perpetuados para gerações futuras, de modo sustentável e com base nos fundamentos agroecológicos. Assim como eram feitos pelos antigos...
 
O Dia Mundial da Alimentação, em 16 de outubro, marcou o dia da fundação da ONU para a alimentação e a agricultura, em 1945. Sua celebração dá-se desde 1979 e hoje é reconhecido por mais de 190 países. Um de seus mais importantes objetivos é o de alertar a todos sobre a problemática da fome, da pobreza e da desnutrição no mundo.
 
Para conhecer mais sobre os projetos da Akarui que apoiam e valorizam a produção local, acesse Projetos
 
Texto e foto Ângela Beatriz