Elaboração coletiva de planejamento de pastagens é resultado dos módulos de Silvipastoril do PDRS

Publicado em 13 de julho de 2015

Nos dias 4, 5, 6 e 7 de maio aconteceram os dois primeiros módulos de Pastagens Agroecológicas em São Luis do Paraitinga e Natividade da Serra, no bairro de Vargem Grande. O primeiro módulo começou com um momento de contextualização e conceitos da Agroecologia. As interações sociais e ambientais são de extrema importância para que possamos pensar em uma transição agroecologica eficiente e viável aos produtores que são os reais protagonistas deste processo.
 
A equipe técnica do projeto, composta pela Akarui, Fundação Florestal, CATI e Secretaria do Meio Ambiente se reuniu com o consultor João Marcelino para partilhar experiências que trouxeram a tona muita reflexão e ideias para atuarmos nas áreas de pastagens atendidas pelo Programa de Desenvolvimento Rural Sustentável, PDRS.
 
No segundo dia os agricultores vieram somar neste aprendizado onde pudemos trocar experiências e visualizar todos os conceitos obtidos no dia anterior em uma visita muito rica no sitio do produtor Claudio Silva Chaves (Tuca) que hoje é atendido pelo programa CATI Leite e vem buscando uma transição Agroecologica para sua propriedade.
 
O segundo modulo do curso ministrado pelo consultor e produtor rural João Marcelino, contou com as ideias e sabedoria dos agricultores beneficiários do projeto para a elaboração das nossas duas primeiras Unidades de Estudo em pastagem. Os frutos dos primeiros quatro dias de atividades de capacitação do PDRS, além de muito aprendizado, foram nossos dois primeiros projetos de implantação dos Agricultores Porfirio e Dna Lourdes e Valdomiro do Santos (Russo).
 
No mês seguinte, foi realizado o quarto período de atividades referentes ao Programa, realizando o terceiro módulo do Curso de Pastagens Agroecologicas. O processo de implantação das 4 áreas já definidas e desenhadas pelos produtores em atividade participativa com os consultores foi iniciado e apresentam diferentes graus de desenvolvimento visto as dificuldades que estamos enfrentando com mão de obra na região.
 
O quarto módulo do curso foi marcado para os dias 23, 24 e 25 de junho e aconteceram no distrito de Catuçaba – São Luiz do Paraitinga.
 
Esta atividade faz parte dos Subprojetos Ambientais, no âmbito do Projeto de Desenvolvimento Rural Sustentável - Microbacias II - Acesso ao Mercado, da SMA, financiado pelo Banco Mundial, e é realizado pela Akarui nas cidades de São Luiz do Paraitinga e Natividade da Serra. Para conhecer mais acesse PDRS.
 
Marina Fagundes do Val
Técnica de Campo do PDRS
Zootecnista - Centro Vocacional Tecnológico - Botucatu