PDRS inicia atividades práticas com produtores

Publicado em 13 de abril de 2015

O Projeto de Desenvolvimento Rural Sustentável, PDRS, iniciou as atividades nas propriedades parceiras no mês de março, além de reuniões com a equipe técnica no intuito de conhecer melhor o projeto e entender os trabalhos já realizados pela Akarui. Foi realizada também uma reunião no bairro Vargem Grande para apresentação da nova equipe para os agricultores, que explicaram um pouco de suas experiências e expectativas para o projeto. 
 
As primeiras visitas continuaram a missão de conhecer os agricultores e entender as técnicas já utilizadas para valorizar o conhecimento local. Juntamente com os proprietários, a equipe caminhou pelas áreas realizando a marcação com GPS, onde se pode notar o uso e conservação do solo, manejo de plantas daninhas e controle de pragas e doenças.
 
Através desse contato, ficou clara a necessidade de trabalhar técnicas agroecológicas com os agricultores. Nota-se uma clara tendência à agricultora convencional e isso se torna evidente na degradação dos solos visitados. 
 
A região tem como carro chefe a produção de leite, prática que encontra várias limitações no relevo montanhoso. A utilização de árvores em pasto e lavoura, e a ciclagem de matéria orgânica no solo são práticas que auxiliam a sua proteção e recuperação, o que coloca o Sistema Agroflorestal, SAF, como uma boa opção para locais com essa configuração de relevo, e portando, uma boa escolha para as regiões de São Luiz do Paraitinga e Natividade da Serra.
 
No dia 9 de abril foi realizado o primeiro curso de Sistemas Agroflorestais do PDRS, com atividades práticas, aberto para todos os agricultores interessados. Nesse dia será marcado o primeiro mutirão do projeto, buscando iniciar as discussões sobre Agroecologia e introduzindo algumas práticas em Sistemas Agroflorestais.
 
Para conhecer mais, acesse PDRS.
 
Texto e foto Aline Carvalho