PDRS realiza mais um mutirão em São Luiz

Publicado em 28 de setembro de 2015

Em continuidade as atividades previstas e planejadas no Projeto de Desenvolvimento Rural sustentável, PDRS, o grupo envolvido na formação de Sistemas Agroflorestais, SAF, se reuniu mais uma vez para realizar um mutirão em uma das propriedades participantes, no município de São Luiz do Paraitinga.
 
 
 
Localizada no bairro do Turvo, a Ikobé Agrofloresta, que produz mudas florestais nativas, vem ha quatro anos ampliando seu plantio de frutíferas nativas, como outra atividade paralela ao viveiro de mudas.  Colhendo seus primeiros frutos de Cambuci no meio deste ano, os proprietários estão em fase de ampliação e diversificação do plantio, com outras frutíferas como juçara, cereja do Rio Grande, grumixama, jabuticaba, entre outras. A participação no PDRS tem possibilitado esta ampliação da produção além de formar o conhecimento técnico necessário no manejo adequado das diferentes espécies.
 
No mutirão foram plantadas mais 54 frutíferas em uma área que já vinha sendo previamente preparada para ampliação do SAF, entre outras árvores nativas que já estavam no local. Nos berços, foram colocados substrato produzido na propriedade e esterco bovino curtido.  Juntamente com as mudas, foram adicionadas sementes de adubação verde como crotalária e feijão guandu e amendoim forrageiro.
 
A importância dos mutirões é não só a realização de um trabalho que para apenas uma pessoa seria desgastante e longo, mas principalmente a troca de experiência entre os participantes já que além da troca do conhecimento de cada um, existem as características específicas de cada local onde as diferentes técnicas têm de ser adaptadas.
 
Esta atividade faz parte dos Subprojetos Ambientais, no âmbito do Projeto de Desenvolvimento Rural Sustentável - Microbacias II - Acesso ao Mercado, da SMA, financiado pelo Banco Mundial, e é realizado pela Akarui nas cidades de São Luiz do Paraitinga e Natividade da Serra. Para conhecer mais acesse PDRS.
 
Texto ABeCom / Foto Aline Carvalho