Formada a 1ª Brigada de Incêndio de Catuçaba

Publicado em 16 de dezembro de 2010

Temas

O Curso de Capacitação para a Primeira Brigada de Incêndio em Catuçaba deixou claro que, se depender da vontade e do interesse dos participantes, o problema das queimadas na região, tende a diminuir.

Realizado nos dias 26 e 27 de novembro, o curso foi dividido em dois módulos e contou com a presença de mais de 20 participantes, como agentes de segurança do Parque Estadual da Serra do Mar, Núcleo Santa Virgínia, Defesa Civil e funcionários de propriedades de Catuçaba. No primeiro módulo, que aconteceu nas dependências do Centro de Convivência do PESM NSV, o enfoque do curso foi a teoria de técnicas de resgate, conhecimento de equipamentos de salvamento e a melhor maneira de se confrontar diante de uma situação onde uma vida está literalmente em suas mãos, dependendo das suas atitudes. Também foram apresentadas as diversas maneiras de comportamento de um foco de incêndio, onde foi possível conhecer desde o fogo subterrâneo até o fogo aéreo entre outros e a maneira correta de combatê-los.

Recepcionados com muito carinho e com uma alimentação de encher os olhos, no segundo dia e módulo, na Fazenda Santa Helena, a coisa começou a esquentar. Os participantes tiveram que provar na prática se assimilaram a aula do dia anterior. Equipamentos com 3 bombas costais, 10 inchadas, 10 abafadores e 5 garrafas térmicas, material doado pela Fibria Celulose S/A, todos foram a campo e após a implementação de um aceiro em uma área de pasto da Fazenda, divididos em duas equipes, os integrantes da Brigada de Incêndio entraram em combate com o fogo. Neste mesmo dia, houve uma simulação de resgate de vítima no meio da mata. Uma equipe utilizou o mesmo equipamento das equipes de resgate, e a outra, teve de improvisar o equipamento com o que tinha ao redor, construindo uma maca com casacos e pedaços de pau e utilizando cintos como ataduras. A intenção deste exercício foi a de ilustrar aos brigadistas, a maneira profissional e a maneira correta e possível de ser realizada com a mínima condição de equipamentos. Vale lembrar também que os bombeiros ensinaram a todos, como construir um abafador, equipamento usado no combate a incêndio na mata.

Todos os participantes receberão um certificado emitido pelo Corpo de Bombeiros e em breve irão se reunir novamente para relembrar as técnicas aprendidas e aprimorar o trabalho em grupo.

Esta primeira Brigada de Incêndio de Catuçaba recebeu o apoio técnico e material  da Fibria Celulose S/A, representada pelo Coordenador da Brigada de Emergências Osmir Pereira dos Santos e pelo Técnico Operacional da Fibria Jesus R. Batista.

O Corpo de Bombeiros foi representado pelos valiosos instrutores Sargento PM Rogério Ribeiro, Sargento PM  Sérgio Luis de Moura e pelo Soldado PM Paulo Celso Prado.

Nesta próxima etapa, a Akarui irá reunir a Defesa Civil e a Prefeitura da Estância Turística de São Luiz do Paraitinga para definição do melhor local em Catuçaba para o armazenamento do material doado.