Visita da OCS no mês de abril foi no bairro do Turvo

Publicado em 13 de maio de 2016

Seguindo as normas exigidas pelo regulamento das Organizações de Controle Social, OCS, e do Regimento Interno do Grupo de Produtores Agroecológicos de São Luiz do Paraitinga, a visita mensal do grupo no mês de abril foi no bairro do Turvo no Ikobé Agrofloresta, dos produtores Ângela e Jorge. Com a presença de quase todos os integrantes da OCS, a visita também teve a participação do Técnico Responsável da Akarui, o Engenheiro Agrônomo Lucas Peranovichi e da Coordenadora de Projeto Diretora Geral da Akarui, Cristiane Bittencourt.

VEJA MAIS FOTOS

Após a apresentação em um mapa da área e da maneira como a Agrofloresta é integrada, o grupo percorreu grande parte da área verificando o manejo de contenção se solo em área inclinada; conversou sobre técnicas de plantio de banana e  reutilização de sua biomassa; adequação da propriedade no tratamento do esgoto com fossa de evapotranspiração;  plantio de Plantas Alimentícias Não Convencionais, PANCS; implantação  e manejo de trilha e ocupação em áreas de pousio por frutíferas nativas. Este último, o foco principal dos atuais proprietários que são participantes de Projetos realizados pela Akarui, desde 2009.

 

Atualmente o casal participa juntamente com o grupo da Feira Agroecológica com mudas frutíferas e também acessa revendedores e clientes diretos para a comercialização de granolas como de Cambuci e Juçara. Com estes mesmos ingredientes, produzem geleias além de outras frutas da época colhidas ali mesmo como Jamelão, Jabuticaba, Goiaba e Laranja por enquanto, já que várias outras frutíferas vem sendo plantadas, como Jaracatiá, Grumixama, Cereja do Rio Grande e várias outras espécies nativas. O grupo da OCS verificou e aprovou as técnicas de produção que estão sendo utilizadas no local.

 

A próxima visita da OCS já está agendada e será no bairro do Mato Dentro e as atividades relacionadas a este grupo também são partes integrantes do Programa de Desenvolvimento Rural Territorial e do Projeto de Desenvolvimento Rural Sustentável.

 

Texto ABeCom